Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Celso Sacavém

Os meus pensamentos

Os meus pensamentos

Danças de Portugal

 

          0 ViraDoMinho.jpg

                                                             Rapazes e raparigas a dançar o Vira do Minho (1)

 

 

 

 

                                 Vai ao Minho, vai ao Minho

                                 ouvir viras e malhões.

                                 Ele há lá coisas mais bela

                                 destas nossas tradições.

 

 

                                  Vai depois a Trás-os-Montes

                                  verás arte da mais pura.

                                  Vai saciar-te nas fontes

                                  se tens sede de cultura.

 

 

                                  No norte de Portugal

                                  são bem lindos os cantares.

                                  Quer de Braga, quer de Chaves,

                                  quer d´Esposende ou de Amares.

 

 

                                  Vem daí, vem mais abaixo,

                                  não paremos no andar;

                                  vem visitar outras gentes

                                  que também sabem cantar.

 

 

                                   Eu quero cantar contigo

                                   as canções do meu país.

                                   Para tal entende o povo

                                   indo ao fundo, indo à raiz.

 

 

 

            Celso Sacavém       celsosacavem.blogs.sapo.pt          @celso.pereira.525

            www.facebook.com/celso.pereira.3   www.instagram.com/celsopereira525

                                             Pt.pinterest.com/papi_celso/

 

 

  

0 - Os irmãos Grimm - Jacob_und_Wilhelm_Grimm.png      0 UNESCO.jpg

        Os irmãos Grimm e o Folclore (2)          A UNESCO declara que folclore é sinónimo

                                                                                               de cultura popular (3)               

 

 

 

 

 

(1) - Rapazes e raparigas a dançar o Vira do Minho

https://pt.wikipedia.org/wiki/Vira

 

O Vira é um género músico-coreográfico do folclore português. Mais conhecido como característico do Minho, o Vira é todavia também dançado em muitas outras províncias, entre as quais a Estremadura.

 

 

 

(2) - Os irmãos Grimm e o folclore

https://pt.wikipedia.org/wiki/Folclore

 

 

O folclore (do inglês folk que é gente ou povo e lore que é conhecimento) é a tradição e usos populares, constituído pelos costumes e tradições transmitidos de geração em geração.

 

 

História do Folclore

 

O interesse pelo folclore nasceu entre o fim do século XVIII e o início do século XIX, quando estudiosos como os Irmãos Grimm e Herder iniciaram pesquisas sobre a poesia tradicional na Alemanha e "descobriu-se" a cultura popular como oposta à cultura erudita cultivada pelas elites e pelas instituições oficiais.

 

 

 

(3) - A UNESCO declara que folclore é sinónimo de cultura popular.

http://eaff.eu/en/media/eaff

A Associação Europeia dos Festivais de Folclore – EAFF foi criada em 2007 para proteger o folclore europeu.

 

 

O folclore na sociedade contemporânea

 

Atualmente o folclorismo está bem estabelecido e é reconhecido como uma ciência, a ponto de tornar seu objeto, a cultura popular ou folclore, instrumento de educação nas escolas e um bem protegido genericamente pela UNESCO e especificamente por muitos países, que inseriram muitos de seus elementos constituintes em seus elencos de bens de património histórico e artístico a serem protegidos e fomentados.

                                                                                          in https://pt.wikipedia.org/wiki/Folclore

 

 

 

Os Grupos folclóricos de Portugal

https://pt.wikipedia.org/wiki/Categoria:Grupos_folcl%C3%B3ricos_de_Portugal

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Favoritos

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D